sexta-feira, 24 de dezembro de 2010

Feliz Natal a todos os amigos do blog...

Amigos do futebol de mesa,
Um Feliz Natal a todos. Que estejam com saúde, paz e felicidade no interior de seus lares.
É o desejo da familia Souza Gularte a todos aqueles que visitaram o meu blog, alguns bons amigos e parceiros que fiz, em 2010, em torno das mesas e no ambiente do futebol de mesa.
Uma Feliz noite de Natal a cada um de vocês!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Tá explicado o motivo da derrota no mundial...!!!


Com o mais famoso pé-frio internacional torcendo pelos colorados não tem plantel que consiga ter sucesso...rsrs!!!

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Eles já sabiam!!!!

A maior zebra dos mundiais!!!

Amigos do futebol de mesa,
Alguns colorados, amigos e companheiros ao redor destas mesas por onde já andei, não há como negar que a derrota do Internacional, em Abudabi, para a fraca equipe do Mazembe foi o fiasco da temporada de 2010 e por que não dizer, da década passada. Vejam só, os vermelhos dominaram 70% do jogo. Perderam para eles mesmos. Para uma equipe que, com todo respeito aos "guerreiros" citados na matéria anterior, não são melhores que qualquer equipe que disputa a primeira divisão de nosso país. Acho que, se o Mazembe jogar com o Goías, o Prudente, Vitória, etc... É provável que não consiga ter o êxito que teve com o Inter, a dias atrás. O Internacional tinha uma razoável equipe. Confesso que até achei que fariam páreo para a Inter de Milão. Que goleariam o Mazembe e que fariam um belo jogo contra os Italianos. Acreditei nisto, mas torci muito contra isto. E não é que minha torcida fez efeito. E não venham me falar que o Mazembe veio melhor preparado. Que o goleiro Kidiaba é bom e que o time deles é forte, técnico, veloz, etc... O time deles é ruim mesmo! O goleiro, para quem já tentou jogar na posição, como é o meu caso, sabe que as defesas que ele fez, afora o chute do Rafael Sobis, aos 15 ou 20 minutos do primeiro tempo, foram defesas fáceis. Bolas chutadas em cima dele e que ele, malabaristicamente, pulava e tentava dar show. Algo que um goleiro de verdade, como Vitor e Taffarel, dariam um ou dois passos para o lado e defenderiam tranquilamente. O tal do goleiro do Mazembe é mais artista do que goleiro. O time é comum. Tem uma certa velocidade. Técnica muito inferior ao Internacional. No início do jogo os caras não conseguiam dar uma passe a curta distância. Não passavam do meio do campo. Era só "balão e carrinho" para defender-se das investidas de Sobis e sua turma. Mas o Inter subestimou o adversário. Começou bem o jogo, mas foi caindo de produção, foi errando gols, foi dando vida a um adversário fraco. Um adversário que era só tomar o primeiro gol.. Se assim fosse, a porteira para a goleada estaria aberta. Mas os vermelhos assim não o fizeram. E como insistem em dizer, se igualaram ao Grêmio, são bicampeões da Libertadores de América e apenas campeões mundiais e, como o Grêmio, perderam a segunda oportunidade ao Bi-Mundial. Mas vale lembrar, o Grêmio perdeu o Bi-Mundial para o imbatível da época, o poderoso Ajax. E melhor, perdeu nos penaltis. Já o Internacional, nem na final chegou. Perdeu para o fraco Mazembe. Sucumbiu em uma semi-final e marcou a história como o primeiro sulamericano a não disputar uma final de mundial. São os colorados fazendo história, mesmo que esta eles queiram, daqui para frente, apagar de suas memórias. E para finalizar, lembrem-se que IMORTAL só há um no Brasil!!!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

Em homenagem aos guerreiros do Congo....

Amigos do futebol de mesa,
Através do meu blog pessoal apresento-lhes os novos "heróis" da África. Os valentes jogadores do MAZEMBE. Hoje é um dia histórico na vida destes meninos. Hoje eles derrotaram um "gigante"... Derrotaram a arrogância de alguém que os via como meros coadjuvantes. Que já pensava em outro gigante italiano. Mas que não contava que teria um forte espinho neste caminho rumo ao ABUDA-Bí.....


Nas próximas edições estarei divulgando várias histórias e email que a mim foram enviados. Emails que contam a frustração de uma metade de nosso estado. Emails que contam um pouco da história daqueles que um dia, pensaram que eram imortais.... Mas como imortal só há um...Concluímos o que pode ter ocorrido....!!! Abração a todos e até breve...

quinta-feira, 9 de dezembro de 2010

E o IMORTAL voltou!!!!

Aproveito para agradecer à imagem enviada pelo amigo gremista Sergio Oliveira. Realmente uma Libertadores sem o nosso Grêmio seria como as copas que "valem peras ou bananas" conformes alguns clubes costumam disputar e ganhar. Copas para encher parteleiras e formar histórico, coisa que invejam quando olham para nossa história.
Abraço a todos e não esqueçam.... O Imortal voltou!!!

Para os hermanos, o nosso muito obrigado...!!!

Pois bem amigos do futebol de mesa,
Não é que o previsto ocorreu... Que os verdes do Goiás amarelaram na Argentina. Vejam só, uma vantagem de dois gols, obtida dentro do Serra Dourada. Um time com esta vantagem, que disputa um título internacional, algo inédito em sua história, não pode deixar o caneco escapar, como as areias da praia entre os dedos da mão. Faltou raça, faltou futebol, técnica, etc... Algo que, vindo de um dos últimos colocados do fortíssimo campeonato brasileiro, já era de se esperar. Sobrou a vaga para o glorioso Tricolor gaúcho. Se pensarmos pelo lado de que o Grêmio perdeu para o Goiás, sendo eliminado por este, nesta mesma competição, o que ocorreu parece algo injusto. Mas vejam só, de que adiantaria o Goiás ir para a competição mais importante da América? Ir a passeio? Para ser saco de pancada? Não, agora sim, as coisas estão nos seus devidos lugares. Temos três bicampeões (Grêmio, Santos e Cruzeiro), temos o queridinho da mídia (Corinthians) e mais um bicampeão da fase atual, onde a taça ficou um pouco mais fácil de se adquirir (Internacional). Assim sendo, teremos cinco brasileiros na disputa, cinco forças do futebol nacional. Nenhum "intruso" ou emergente. Todos, reforçados, são fortíssimos candidatos ao título da competição. E dale Grêmio!!!!! Mais uma vez estamos lá...!!!!

A arte de enrolar em provas...

Estas são algumas pérolas das nossas escolas públicas e privadas. Onde os alunos, para sairem de situações adversas, encontradas nas provas, usam a imaginação, formando verdadeiras "obras de arte", se é que podem ser chamadas desta maneira...rsrs!!
Abraço a todos e divirtam-se....









quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Chambinho é campeão da segundona Caxiense na AFM Caxias

Amigos do futebol de mesa,
Mauricio Chambinho sagrou-se compeão da segunda divisão do Campeonato Caxiense de Futebol de Mesa - 2010, modalidade lisos. Vale lembrar que Chambinho é novato nesta modalidade e, com uma técnica refinada já dá sinais que vai encomodar a elite do futebol de mesa de Caxias do Sul, em 2011. Nesta foto abaixo, Chambinho (Gremista) acaricia o pé do Xaropinho Luis Ernesto"Obelix" Pizzamiglio. O meu chegado não nega que gosta de um xamego...rsrs!!!
Abração ao Chambinho e a todos os amigos de Caxias do Sul e parabéns por esta importante conquista. Já joguei o Caxiense e sei que é um campeonato muito difícil de se conquistar. É muita gente jogando um futebol de mesa refinado.
Na segunda colocação ficou o competitivo André Marques. Em terceiro o meu amigo Robson Bauer, outro que começou nos lisos ontem e já destaca-se pelo que vem apresentando nas mesas. Mas vindo de Robson, um multicampeão, tudo isto já era esperado. Pela quarta colocação "brigam": Ednei, Zeni e Rodrigo Borba. Que o técnico melhor preparado alcance esta quarta vaga. Até mais...

segunda-feira, 6 de dezembro de 2010

2ª Copa Integração de futebol de sete - Etapa Verão

Amigos do meu blog,
O tema principal do blog é o futebol de mesa, mas como não é um particular, de vez em quanto abro espaço para algumas notícias, que julgo importantes, ou até mesmo para outros esportes, onde há participação do editor ou não. Abaixo temos algumas fotos da 2ª Copa Integração de futebol de sete - Etapa Verão, organizada por um pequeno grupo de colegas aqui da empresa onde trabalho, em São Leopoldo-RS. Estamos na segunda edição desta competição. Como membro fundador do evento, sinto-me realizado com o sucesso da competição. A primeira edição já teve o seu sucesso. Esta segunda etapa, por sua vez, trouxe um aumento no número de equipes participantes, o que nos deu um pouco mais de trabalho e cuidado para que tudo saísse conforme planejado. Independente de quem saiu vencedor, e tenho que divulgar, o time deste editor sagrou-se campeão, foi um evento, a meu ver, bem interessante.

Entrega da premiação à equipe Campeã do torneio. No detalhe, da esq. para a dir.: Editor (treinador da equipe), Marcos (atacante) e Antunes (zagueiro e xerife do time).

Editor, com sua tradicional prancheta na mão, durante o desenrolar de uma partida. Acompanhado das estrelas do time Campeão.

Os atletas do jogo que definiu a competição. Ambos do mesmo setor de trabalho. Imaginem a "guerra" que foi este jogo... Mas ao fim, o time do editor (COD A) venceu a partida por 2x0 e sagrou-se campeão da competição.

As premiações da competição.

Grêmio: já éramos imortais no passado...

video

Nação tricolor,

Neste vídeo temos alguns dos momentos deste histórico jogo entre o Grêmio e o Ajax. O Ajax, na época, era tido como o melhor time do mundo. Imbatível a não sei quantas partidas. Um plantel que era a base da seleção holandesa. E contra esta mega equipe um grupo de 11 guerreiros. Liderados pelo mestre Luis Felipe Scollari, uma raposa na arte de ganhar títulos, de motivar atletas, de pôr garra ao grupo. Não ganhamos, não levamos o mundial, mas mostramos ao mundo a garra do sul do Brasil. A pegada destes guerreiros mostrou ao mundo que o dinheiro nem sempre pode tudo. Para vencer o Grêmio, o poderoso Ajax, teve de apelar para os penaltis. É pouco para o melhor time do mundo, como se intitulava, naquele ano. Obrigado tricolor por mais esta honra. E que possamos, em 2011, buscar mais um título na Libertadores da América.

Papa títulos Lauro Moretto leva troféu na Franzen

Lauro Moretto, o mestre dos masters, da modalidade lisos no Brasil arrematou mais um título para sua galeria. Em torneio disputado na Franzen, em Porto Alegre, associação que semanalmente abriga os treinos dos amigos Lauro Moretto e Breno Kreuzner, teve a participação dos amigos Carlos Kun, Senador Ávila, Mario Bürgel e Rodrigo Bernardes.

A premiação da competição ficou assim disposta: Lauro Moretto (campeão), Breno(vice campeão), Carlos Kun (terceiro colocado) e Rodrigo Bernardes (quarto colocado).

Vale lembrar que Carlos Kun e o seu Botafogo tiveram a melhor campanha da primeira fase. Rodrigo Bernardes e seu Velez Sarsfield fizeram a segunda melhor campanha. Já Lauro e Breno tiveram a terceira e quarta colocações na fase inicial. Nas semifinais Kun, com a vantagem sobre Breno, levou o revés por 1x0. Já Rodrigo, com a vantagem sobre Lauro também sofreu o score de 1x0.

Na grande final, Lauro jogava pelo empate. Breno saiu ganhando, fazendo um gol aos cinco minutos finais da segunda etapa. Logo após, em uma jogada inusitada, onde Breno sofreu o retruque, Lauro não disperdissou o arremate, empatando a partida em 1x1. No minuto final de jogo Breno teve a chance de ganhar o jogo. Porém, pelo difícil posicionamento na mesa, pela sorte de Lauro e azar de Breno, a jogada não se concretizou em gol e Laurinho, como é carinhosamente chamado pelos amigos, saiu com a taça de Campeão.

Parabéns ao amigo Lauro Moretto, uma verdadeira enciclopédia nos lisos, na sua categoria.

Abração a todos e mais uma vez parabéns por promoverem esta modalidade!!!

Grêmio: Objetivo alcançado, agora é torcer pelos hermanos..

É amigos do blog, para os que são gremistas, como este editor, fica a sensação de, na medida do possível, o dever foi cumprido. Uma pena que andamos tanto para trás na época do Silas. Realmente a troca deveria ter ocorrido antes. Confesso que torcia pelo Renato mais não acreditava que ele fosse fazer o que fez. Mobilizar o grupo da maneira que mobilizou. O Jonas já tinha alinhado sua pontaria naquela época. Mas precisava mais, precisava de um maestro, e Douglas dava sinais de que não seria o ideal garçon para a equipe. Mas Renato o motivou e ele hoje está entre os melhores do país. Já Diego Clementino...Quando chegou no Olímpico eu me perguntei: Da onde tiraram este rapaz? E não é que o cara se tornou o talismã do time. Sempre que entra faz um golzinho. E olha que os 3x0 de ontem, frente ao Botafogo, no Olímpico, poderiam ser 4x0, pois Diego perdeu um gol na cara do goleiro adversário, o que não é normal, em se tratando de Clementino. Mas é mais um atleta que se valorizou, durante um meio ano de sucesso. Está certo que Silás ganhou o Gauchão, isto não podemos esquecer. Mas foi pouco pela grandeza do clube. Agora, nos resta torcer contra o Goiás. Que os hermanos argentinos do Independente façam os 3x0 que são necessários para o nosso tricolor carimbar o passaporte para a competição mais importante das Américas. Que tenhamos mais este sucesso, afinal, somos imortais!!!

quinta-feira, 2 de dezembro de 2010

Valeu amigo Maciel!!!!

Grande amigo Maciel,
Nosso presidente, à frente da querida AFM Caxias do Sul, um incansável batalhador do futebol de mesa em Caxias do Sul. Um cara simples. Um sujeito que a todos cativa e além disto, um excelente desportista. Para os que o conhecem, Maciel é daqueles caras que está sempre disponível para te dar uma aula de futebol de mesa. Grande mestre na arte do futebol de mesa, modalidade lisos, onde passa, quer no sul do país, quer nos demais cantos onde o esporte ensiste em resistir, Maciel é querido por todos. Um peça fundamental para a engrenagem da AFM Caxias. Com certeza estará ao lado de Rogério (Gianecchini) Prezzi. Apesar das "surras" que costuma dar em nosso novo presidente, são como primos, amigos, parceiros... Que sigam esta corrente jovem que existe na AFM. Que sigam prestigiando ícones do futebol de mesa que por lá ainda circulam, a exemplo de Luiz Ernesto Pizzamiglio, Marcos Zeni, Aramis Segatto, etc... Que a gestão de Rogério possa manter o Blog da AFM Caxias, que tanto progrediu nas mãos do próprio Maciel. Enfim, deposito toda a minha confiança no mestre Rogério Prezzi, no Iceman Carraro, em Mario Vargas e Alexandre Prezzi. Caras novas, mas o pensamento continua, a vontade de crescimento, evolução na regra, fortalecimento do futebol de mesa. E que a eles se una o mestre Ednei Torrezine, professor da nova geração.
Abração a todos e uma boa gestão a meus amigos de Caxias.

Nova diretoria da AFM Caxias do Sul

Amigos do futebol de mesa,
Abaixo trago as fotos da nova diretoria da AFM Caxias do Sul, que assumirá a Associação no ano de 2011/2012. Boa sorte a estes amigos, companheiros de muitos treinos e jogos e os quais tenho um carinho e respeito.
Rogério Prezzi (Novo Presidente da AFM Caxias e Mario Vargas Jr diretor técnico)
Luciano Carraro - vice Presidente da AFM Caxias

Alexandre Prezzi - Tesoureiro.

O End Game de Rodalles x Diógenes

Adicionar imagemOs últimos videos do emblemático jogo:
Rodalles 1 x 0 Diógenes, pelo 37º Brasileiro de Futebol de Mesa, em Porto Alegre-RS, em novembro de 2010.

video

video